Há em mim a sede
Insáciável da paixão
Penso, respiro, sinto
Noite, dia…não importa
O que eu quero é você
Teu beijo, teu cheiro, teu sexo
Incansável
Zen, selvagem, lânguido, voraz…homem
Ardendo em mim, em cima de mim…dentro de mim
Da tua boca arrancar gemidos, sussurros….súplicas
Ouvir que sou sua…vadia, santa…fêmea
Paixão, amor, sexo, coração
Enamorados, excitados, misturados
Luxúria carnal
O amor raro…tesão e sentimento

Tímida, ousada…
Eu só sei que quero você
Um amor assim, só nós dois sabemos ser

Obcenos
Livres de pudores
Hipnotizados
Atraídos
Reféns de nós mesmos

Somos assim
Entrsgues a carne
Dependente de amor
E nossos corpos não conseguem ter paz
Necessitam sempre de mais
Transcendem, surpreendem
obstinados, sedentos…amantes
CHRIS ISAACK – WICKED GAME

Anúncios