Há um bom tempo estou tentando escrever um texto em que eu possa falar do meu lado mais sentimental. Penso, repenso, e nada de achar o tom, a medida certa de ironia, o sentido exato da frase.
Deve ser porque sou uma escritora medíocre, mme empolguei com essa coisa de blog. Porque não nasci para ser uma Clarice Lispector.
***
Um dia um amigo me disse:
Não sei como um cara é capaz de fazer agradinhos só pra tirar uma casquinha de uma mina. Acho que vou começar a fazer isso também por que você é só um brinquedinho na mão do… No começo é todo mansinho só pra te agradar…depois, ele se empolga com outras minas de…e te dá tchau e volta só quando ele quer e o pior é que você gosta desse jeito dele. Você namora a prestações.
***
E eu que pensava que poderia ser mais fácil se na despedida fosse só um tchau, t+, foi bom enquanto durou, obrigada pela preferência.
Será que a gente não poderia ser bons amigos?
Hummm…ah, não poderia, não.

Anúncios