nazidassopasFoi mais ou menos assim quando cheguei no cinema. Pensei, qual a chance de assistir “Sexta-feira 13” numa sexta-feira 13? Considerando que este ano tem mais três, assistir no cinema, é só uma mesmo. Sessões lotadas, sem ingresso, fica pra mais um remake e um bom calendário.
Enquanto esperava meu acompanhante na catraca do metrô, olhava nos olhos aflitos dos outros e o mesmo que passava pela minha cabeça (imagino) passava pela deles,

onde será que está aquele(a) motherfucker?!

Fora alguns emos, tinha uma mina na turma de aflitos, com um gorro de Papai Noel. Essa deve, no mínimo, levar ao pé da letra aquele conceito que alguns tem de achar que o ano só começa depois do carnaval. Também vi outra com um shortinho e uma rendinha na coxa, até aí tudo bem, a curiosidade me matou e cheguei mais perto pra ver o estilo da moça e vi que a renda na verdade era uma tattoo

Oh my Gosh!!!A tatuagem que eu quero fazer mas não tenho coragem!

Pena que não achei uma imagem pra descrever aqui.
E o gran finale foi meu bico enorme por não ter assistido o filme e os surdos e mudos da praça de alimentação que pelos gestos, tinham mais assunto do que eu e meu acompanhante.

Moral da história: Sempre compre ingresso antes da estréia de um filme.

Anúncios