A virada é assim, vejo tudo o que posso, ando, paro, é quase sempre o mesmo roteiro mas com algumas surpresas pelo caminho. Comecei pelo cinema pornô “Cine Dom José” adaptado pra fazer a alegria de quem curte um bom filme com zumbis.
virada dos zumbis
Mas diferente do ano passado, não distribuíram ingressos antes da sessão sendo assim entrava quem quisesse dar uma espiada e quantos o lugar pudesse acomodar mesmo que fosse pra ficar de pé ou sentado pelos corredores. Piadinhas infames fizeram DellaMorte DellAmore virar comédia. Lá pelas tantas fui no Pátio do Colégio curtir um pouco de anos 80 com o dj da Trash 80. Centenas de pessoas cantando como uma deusa…. À primeira vista, a virada deste ano estava mais vazia e tranquila do que nos anos anteriores, o lugar mais cheio (talvez) foi o palco dedicado ao rock, na praça da República. Lá pude ver o show do Camisa de Vênus, Velhas Virgens, Matanza, Vanguart e CPM 22. No show do CPM fui embora depois que um fã enlouquecido queria pegar meu lugar e o de outras pessoas na grade. Pulei a grade e entrei na área entre o palco e o povão. Cheguei a conclusão de que por enquanto essa vida super já não me pertence mais.
CPM 22

Mas nessa Virada, perdi um dos melhores shows que acabou passando na Cultura ontem…o da Maria Rita.

Anúncios